terça-feira, 12 de setembro de 2017

Para Roberto Rocha, intervenção de Dino no PSB para expusá-lo é mais um caso de aluguel camarada.

O senador Roberto Rocha (PSB) condenou, em seu perfil no Facebook, a intervenção do governador Flávio Dino (PCdoB) no PSB, ao qual ainda está filiado, e que é presidido em São Luís pelo deputado estadual Bira do Pindaré, que não faz questão de esconder sua fidelidade canina ao Palácio dos Leões.
Para Rocha, Flávio Dino, “de forma arrogante e arbitrária”, se intromete nas questões do PSB para tentar barrar sua candidatura ao governo, em 2018. O senador acusou o governador de alugar a sigla, artimanha executada graças à sua “política cruel de arrecadação de impostos a qualquer custo”.
“Mais um caso de aluguel camarada”, escancara Rocha.
Leia abaixo a íntegra da postagem do senador:
ALUGUEL CAMARADA
Em 2010, Flávio Dino acusou a governadora Roseana Sarney de arrogante e arbitrária quando fez intervenção no PT para tentar evitar sua candidatura ao governo.
Em 2017, o mesmo Flávio Dino, de forma arrogante e arbitrária, faz intervenção no PSB para tentar evitar a candidatura ao governo do senador Roberto Rocha.
A diferença é que Roseana usou o prestígio do pai, presidente do Congresso, para conseguir a intervenção.
Já Flávio Dino, numa política cruel de arrecadação de impostos a qualquer custo, resolveu simplesmente alugar o partido. Mais um aluguel camarada.
Basta comparar!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais visitadas