terça-feira, 10 de outubro de 2017

A prisão de Danúbia Rangel, que é de Peri Mirim, foi feita por agentes da 39ª DP (Pavuna) e 52ª DP (Nova Iguaçu)

A prisão de Danúbia Rangel, que é de Peri Mirim, foi feita por agentes da 39ª DP (Pavuna) e 52ª DP (Nova Iguaçu)


A maranhense Danúbia Rangel, mulher do traficante Antônio Bonfim Lopes, o Nem da Rocinha, foi presa nesta terça-feira (10) na Ilha do Governador, Zona Norte do Rio. A prisão foi feita por agentes da 39ª DP (Pavuna) e 52ª DP (Nova Iguaçu). Ela foi levada no fim de tarde para a Cidade da Polícia, também na Zona Norte do Rio. Danúbia é maranhense e nasceu na cidade de Peri Mirim.

Ela foi presa na casa de uma amiga, numa das ruas de acesso ao Morro do Dendê, na Ilha do Governador. Após a prisão, Danúbia não quis dar muitos detalhes aos policiais. Disse que não sabe praticamente nada da guerra da Rocinha e que tem poucas informações do marido, já que não podia visitá-lo porque encontrava-se foragida.


Danúbia Rangel foi solta pelo desembargador Siro Darlan em março do ano passado. Uma semana depois, ela foi julgada e condenada a 28 anos de prisão por tráfico de drogas, associação com o tráfico e corrupção. Passou, então, a ser foragida e nunca mais foi presa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais visitadas