Na mira da Polícia Federal de Sérgio Moro, Cléber Verde, aliado de Jair Bolsonaro no Maranhão, corre sério risco de perder o comando do PRB.
A liderança da sigla da Igreja Universal do Reino de Deus teme que a exposição do laranjal liderado pelo político maranhense comprometa seus quadros em outros estados.
A expectativa é que alguém ligado ao vice-governador Carlos Brandão assuma o comando da legenda.
Desde o antigo PAN, Cleber e o irmão Junior Verde são arrolados em denúncias de práticas nada republicanas relacionadas a esquemas fraudulentos em aposentadorias e no Seguro-Defeso.
Atualmente, o TRE do Maranhão investiga o deputado federal pela utilização de candidaturas para desviar recursos dos fundos partidário e eleitoral.