segunda-feira, 5 de agosto de 2019

FINAL DE SEMANA TRÁGICO EM SÃO DOMINGOS: Duas pessoas são assassinadas e uma recorre ao suicídio



Mais um final de semana trágico foi registrado pela polícia de São Domingos do Maranhão, duas pessoas foram assassinadas e uma recorreu ao suicídio. O final de semana negro começo na noite de sábado com o assassinato do jovem Fernando Almeida Ribeiro, atendido pela alcunha Fernandinho Beira Mar, de 31 anos, residente na cidade de Graça Aranha-Ma. Ele foi morto com quatro disparos de arma de fogo na cabeça, no povoado Maturé, por volta 23h40. Fernandinho foi encontrado já morto na estrada que dá acesso ao povoado Conduru. Populares que estiveram no local do crime não souberam informar quem teria cometido o homicídio.
Edivaldo Furtado, o Lenca
No domingo, por volta das 6h, Edivaldo Furtado Bezerra, o popular Nenca, 38 anos de idade, foi morto com dois disparos nas imediações da praça Getúlio Vargas, no centro da cidade.
Mandado de Prisão
Os executores, após o ato criminoso, fugiram imediatamente sem deixar pistas para a polícia, que a partir de hoje irá recolher imagens de câmeras de seguranças dos locais mais próximos para tentar identificar e prender os autores. Nenca atuava em São Domingos com serviços de corretagem, principalmente da compra e venda de veículos. De acordo com informações sobre sua vida pregressa, contra sua pessoa havia um mandado de prisão em aberto de Brasília. 
Agamenon da Silva Pereira
Na tarde de ontem, domingo (04), por volta das 17h, na Praça da Bíblia, o jovem Agamenon da Silva Pereira, 38 anos, natural de Buriti Bravo-Ma, de forma inesperada, recorreu ao suicídio. Ele foi encontrado pelos familiares pendurado pelo pescoço em uma corda que havia sido amarrada em um dos caibros do teto de sua casa.
Não há uma motivação exata para que Agamenon tomasse a precipitada decisão em dar cabo à sua vida, mas fontes do blog na cidade informaram que ultimamente ele vinha tendo uma vida muita conturbada se envolvendo em brigas e excesso de bebedeiras, chegando até a ser preso. 

Fonte: Blog do Lobão 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais visitadas