quinta-feira, 5 de setembro de 2019

Policia de Grajaú se solidariza com vendedor de geladinho e o pai de um dos jovens se revolta com o vídeo


 Depois da grande repercussão na rede social em que um adolescente chora depois de ter passado por humilhação enquanto vendia geladinho, o vídeo foi enviado ao De Olho em Grajaú com indignação, tão logo saiu no blog a policia de Grajaú entrou em contato para localizar a casa do vendedor.

Em um vídeo gravado pelos PMS, eles compraram os geladinhos do garoto e colheram informações sobre o ocorrido. A policia mostrou todo apoio ao adolescente que ficou surpreso com o que aconteceu, diante disto este blog e a população parabeniza os policiais de Grajaú.

O pai de um dos garotos que é o que aparece no vídeo segurando os R$ 2,00 reais e sorrindo, entrou em contato com o De Olho em Grajaú chorando de revoltado, disse que nunca pensou que o filho que ele criou ensinado as leis, fosse chegar a este ponto de cretinice. Chorando ele disse que o filho vai gravar um vídeo pedindo desculpas pelo que fez e, irá até a casa do garoto se redimir, o pai disse ainda que a devida correção ao filho será dada em casa, pois o mesmo envergonhou a sua pessoa diante dos grajauenses com esta atitude.

Ainda segundo o pai do garoto este blog pode esperar o vídeo de retratação, pois é o mínimo que ele ainda pode fazer diante de tamanha vergonha que passou e, declarou que mais uma vez irá punir o filho nas leis familiar.

Entenda o caso:  

Garotos humilham criança trabalhando em Grajaú


Revoltou a população na rede social em Grajaú, um vídeo de adolescentes na sacada de uma pizzaria da cidade no bairro Canoeiro, onde meninos aparecem humilhando outro jovem que estava trabalhando vendendo geladinho. De imediato o vídeo ganhou repercussão nos grupos de WhatsApp, a maioria dos moradores odiaram a ação dos adolescentes por se tratar de um trabalhador.
 
    Com a caixa de isopor nas mãos e uma bicicleta o vendedor chorou enquanto os demais que teriam comprado o geladinho em suas mãos o humilhavam com R$ 2,00 reais. Essa é a cara da sociedade adolescente, que extrapolam o respeito e acima de tudo além de quebrarem as leis, são os protegidos pela justiça deste país.

   Humilhar uma criança trabalhando para o sustento de si e da família ultrapassa todos os limites da delinquência, o que essa atitude pode trazer de conseqüências para o adolescente? É um tipo de bullying? Que pode causar revolta e prejuízos para famílias. O que é necessário uma correção dos pais, para que os mesmos respeitem o trabalho digno de alguém que no meio de uma crise tão assoladora tenta buscar o sustento dignamente para não cair na marginalização.
realidadenatela.blogspot.com

Um comentário:

Mais visitadas