Começou a caçada por um homem identificado como Rodrigo Nogueira, que aparece em um video batendo no próprio filho, um bebê de menos de dois anos de idade. As imagens foram divulgadas na noite desta quinta-feira, dia 4, e ganharam repercussão na internet. Rodrigo está com a cabeça a prêmio e é caçado pela polícia e por membros da facção criminosa Comando Vermelho.
As imagens são revoltantes. Nos dois vídeos divulgados o homem aparece humilhando a criança, filho biológico dele. Em uma das cenas o menino está dentro do banheiro e o pai ordena que ele lave a roupa, depois começa a xingar a criança. “Cara de otário igual tua mãe”, diz ele para o menino que começa a chorar.
O outro vídeo é ainda mais chocante. O menino recebe vários tapas na cabeça após ter feito xixi na calça. A agressão é uma forma de punir o filho por não ter pedido para ir ao banheiro. Enquanto bate no menino, o agressor manda que ele vá para o banheiro.
No Facebook a foto do suspeito já apareceu várias vezes com a sigla da facção criminosa Comando Vermelho e os informes de que Rodrigo está sendo procurado. Já pela parte da Polícia Militar o pai “valentão” está sendo caçado por um capitão da PM.
O comandante da 8ª Companhia Interativa Comunitária, Carpegiane Andrade, divulgou hoje um vídeo, informando que desde as primeiras horas da manhã visitou endereços onde o suspeito costumava ficar, porém, não encontrou nada. “Mediante as informações que levantamos e outras que chegaram até nós pelas redes sociais conseguimos identificar um endereço dele em um quitinete ali na estrada da Ponta Negra, mas ao chegar no local não havia mais nada”, disse o policial militar
Ele também comenta sobre o histórico criminal de Rodrigo. “A própria mãe dele falou que ele já foi preso por assalto a mão armada. Informações que recebi também que ele vive armado, vive aprontando e vive utilizando entorpecentes ali naquela área [Zona Oeste], mas ele é um covarde”, apontou o PM.
Relembre o caso
Um vídeo que mostra uma criança de aproximadamente dois anos sendo espancada pelo pai viralizou nos grupos de WhatsApp e redes sociais na noite dessa quinta-feira (5).
Nas imagens, o homem desfere tapas no rosto do menino, o xinga e chaga a ordenar que ele lave a própria roupa no banheiro. Em certo momento, ele se incomoda com o olhar do pequeno para ele, e afirma que ele parece com a mãe.
O que o deixa ainda mais irritado. As imagens seguem mostrando a sequência de palavrões e humilhação aos quais o bebê é submetido.
No Facebook, alguns internautas garantem ter reconhecido o agressor e afirmam que o caso se passa em Manaus, no bairro Santo Agostinho. Contudo, nenhuma autoridade local se pronunciou sobre o episódio ou confirmou onde ele teria ocorrido.




Fonte: policia24h