sexta-feira, 29 de janeiro de 2021

As cidades de Itapecuru, Vargen Grande e mais 14 municípios do Maranhão são contemplados com novas agências da Caixa Econômica




Maioria dos estados beneficiados é das regiões Norte e Nordeste

Brasília - Brasileiros aproveitam o sábado para sacar o FGTS inativo durante a segunda etapa do liberação do FGTS nas agências da Caixa Econômica (José Cruz/Agência Brasil)

Na contramão da maior parte dos bancos privados, a Caixa Econômica Federal vai abrir 75 novas agências no país – a maioria em estados das regiões Norte e Nordeste. O Maranhão é um dos estados mais contempladas com um total de 16 nos seguintes municípios:

Amarante do Maranhão
Araioses
Bom Jardim
Buriticupu
Coelho Neto
Colinas
Coroatá
Itapecuru-Mirim
Lago da Pedra
Santa Helena
Santa Luzia
São Bento
São Mateus
Vargem Grande
Tutoia
Tuntum

O anúncio foi feito pelo presidente da entidade, Pedro Guimarães, nesta quinta-feira (28) na live semanal do presidente Jair Bolsonaro nas redes sociais.

“Em cidades acima de 40 mil habitantes que, por ventura, ainda não tenham agências da Caixa, até o final desse semestre, a Caixa terá uma agência nesses municípios”, destacou Bolsonaro.

O presidente da Caixa lembrou do papel social que as novas unidades terão nessas localidades. “Não só são cidades com mais de 40 mil habitantes, então, foi uma escolha matemática, mas são cidades muito carentes. Na média, R$ 7 mil de PIB [Produto Interno Bruto per capita] por ano, enquanto o do Brasil é ao redor de R$ 33 mil”, afirmou.

A expectativa é que as novas agências comecem a abrir as portas em cerca de três meses. Parte das unidades no Centro-Oeste e no Sudeste será exclusiva para o segmento do agronegócio. A Caixa também deve multiplicar em mais de cinco vezes o volume de crédito disponibilizado para o setor.

“A gente quer aumentar nossa carteira agrícola de R$ 7 bilhões para R$ 40 bilhões”, disse Pedro Guimarães.

Caminhoneiros – Ainda durante a live, Bolsonaro voltou a falar sobre uma possível greve dos caminhoneiros e disse que há obstáculos para a redução no preço do diesel, principal reivindicação da categoria.

Segundo o presidente, umas das possibilidades seria reduzir em 9 centavos o preço do imposto federal que incide sobre o combustível, mas o Ministério da Economia avaliou que a medida poderia penalizar outros setores.

“O imposto federal que existe [sobre o diesel] é o PIS/Cofins, que já tirou uma parte e está em 33 centavos [por litro]. Então, procurei a equipe econômica pra gente anular 9 centavos no diesel. Agora, cada centavo para diminuir no diesel, eu tive que buscar receita em outro local – ou criar um imposto ou aumentar outros impostos. E cada centavo no diesel equivale a 800 milhões de reais por ano”, argumentou.

“Eu não sei se é possível ou não, quem fala de economia é o Paulo Guedes. Eu levo sugestões pra ele, ele analisa, levando em conta o mercado, a economia do mundo todo. Mas seria muito bom se nós pudéssemos diminuir e não aumentar alguns impostos de acordo com o interesse público”, acrescentou.

Facção e seus membros retalham rival e esquartejador come pedaço da vítima


Outro vídeo de extremo impacto com cenas de canibalismo esta circulando nas redes sociais. O vídeo é de uma facção retalhando um membro de outra facção rival, o apce do vídeo é quando o esquartejador sem dó e piedade come um pedaço cortado da vítima. 
VEJAM O VÍDEO 
Sem mais informações sobre data, local e horas que aconteceu essa execução. A única observação é que o fato  aconteceu fora do Brasil. O vídeo serve para nos mostrar nitidamente que o crime não compensa, e a maioria dos criminosos membro de facção tem o mesmo destino, uma MORTE BRUTAL!!!!

quarta-feira, 27 de janeiro de 2021

URGENTE | Criança que estava desaparecida é encontrada sem vida, no Maranhão.




Uma criança indígena de cinco anos de idade foi encontrada morta na região do município de Arame, a 478 km de São Luís. Identificada como Vanessa Gomes Guajajara, a menina estava desaparecida desde a manhã desta segunda-feira (25), quando sumiu da Aldeia Barreirinha, que faz parte da Terra Indígena Arariboia.

Segundo a mãe da criança, Regina Guajajara, Vanessa sumiu em um momento de distração, quando ambas estavam lavando louças dentro de casa.


Vanessa Guajajara estava desaparecida e foi encontrada morta na região de Arame, no Maranhão — Foto: Arquivo pessoal -  fonte oficial do portal de noticia G1.

Após o sumiço da menina, policiais militares foram acionados e realizaram buscas pela região. Vanessa foi encontrada pelo pai em um córrego, próximo da Aldeia Barreirinha, e com marcas de violência.

"A criança é uma deficiente física, não andava direito, não falava. Os índios querem justiça", afirmou Érika Nogueira, que é ativista dos povos indígenas no Maranhão.

A Polícia Federal informou que o caso não se tratava de violação dos direitos indígenas e deve ficar a cargo da Polícia Civil, que ainda não sabe a motivação do crime.

terça-feira, 26 de janeiro de 2021

VÍDEO IMPACTO: Foi estuprada e assassinada.


 

adolescente é estuprada e assassinada com requintes de crueldade
VAJAM O VÍDEO DA MONSTRUOSIDADE 
O vídeo que está circulando nas redes sociais. Segundo informações a monstruosidade aconteceu no interior da Paraíba. Os criminosos invadiram a casa em que morava a adolescente, estupraram e enforcaram a mesma. Ela estava sozinha em casa. Sem outras informações.











segunda-feira, 25 de janeiro de 2021

Mãe mata filha de 5 anos, arranca olhos e língua com tesoura


Uma menina de 5 anos foi morta no município de Maravilha, no Sertão de Alagoas, na noite deste domingo, dia 24. Segundo a Polícia Civil, a suspeita é que a criança tenha sido golpeada pela própria mãe que, de acordo com relatos, sofria transtornos psiquiátricos e teria tido um surto no momento do ataque à filha.

Os agentes verificaram que a vítima, Brenda Carollyne da Silva, teve, possivelmente, parte da língua arrancada com uma tesoura, e também os olhos, conforme disse o delegado Carlos Reis, gerente de Polícia Judiciária da Região 4 (GPJ-4). A mulher, identificada como Josimare da Silva, foi presa em flagrante por uma guarnição da Polícia Militar no Povoado São Cristóvão.

“Quando os militares chegaram ao local, a mãe estava rezando”, disse o delegado em um comunicado emitido pela Polícia Civil nesta segunda-feira, dia 25, acrescentando que a primeira suposição é de que o crime foi praticado durante um surto psicótico da mulher.

No Facebook, Josimare tem a frase “família em primeiro lugar” colocada em destaque, abaixo da foto de capa. Internautas lamentam a morte da criança, que gerou revolta nas redes sociais.

Levada para a Delegacia Regional de Delmiro Gouveia, ela foi autuada em flagrante pelo delegado plantonista, Walter Fontes.

O delegado regional de Santana do Ipanema, Hugo Leonardo, informou que a mulher será transferida para a Delegacia Regional de Santana, responsável pela área onde ocorreu o crime, e, posteriormente, levada para o presídio feminino Santa Luzia, em Maceió. Ele acrescentou que o inquérito sobre o caso será presidido pelo delegado distrital de Maravilha, Diego Nunes.

Ainda é aguardado o resultado do laudo do Instituto Médico Legal, para determinar a causa da morte da criança, e confirmar se parte da língua e os olhos dela foram realmente arrancados.

Homens são amarrados e deixados para morrer em ônibus em Capitão Poço




.


Imagens chocantes mostram vítimas feridas - alguns ainda lutando pela vida - com mãos e pés amarrados


Imagens chocantes de homens ensanguentados, amarrados e agonizando em um ônibus no município de Capitão Poço, no Pará, foram amplamente divulgadas em aplicativos de mensagens instantâneas nesta terça-feira (19). Três homens - um adulto e dois adolescentes - foram feridos e deixados para morrer em um ônibus que fora abandonado em um terreno baldio, nas proximidades do residencial Goiânia.


O veículo chamou atenção de populares e da Polícia. Ao entrarem no ônibus, curiosos e autoridades viram a triste cena: duas das vítimas - aparentemente sufocadas também pelo próprio sangue - aparecem lutando pela própria vida com o rosto colado ao chão do veículo e com mãos e pés amarrados. O crime teria ocorrido no final da manhã, na cidade do nordeste paraense. Ao que tudo indica, as vítimas parecem ter sido feridas por disparos de arma de fogo.Em nota, a Polícia Civil, por meio da Delegacia de Capitão Poço, confirmou que uma ocorrência de Homicídio Doloso foi registrada no município. Após o resgate, um dos adolescentes veio a óbito durante o atendimento médico. Outros dois rapazes foram socorridos e encaminhados para a capital paraense. 


Feridas, vítimas foram amarradas e deixadas em chão de ônibus abandonadoFeridas, vítimas foram amarradas e deixadas em chão de ônibus abandonado (Reprodução)Durante as buscas no veículo, foram encontradas cápsulas de armas de fogo que devem auxiliar nas investigações.Até o momento, não há informações do que teria sido a motivação do crime. Há a hipótese, ainda não confirmada, de que seria uma retaliação a outro caso chocante ocorrido na cidade: duas mulheres foram assassinadas a facadas na noite desta segunda-feira (18).O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil local, com apoio da Coordenadoria de operações especiais, Diretoria de polícia especializada, Diretoria de polícia do interior e policiais da superintendência da 6ª RISP-Caeté.

quarta-feira, 20 de janeiro de 2021

CAPITÃO-POÇO: QUE SEJA SEMPRE ASSIM. Policia Prende o assassino das jovens mortas à facadas.




A polícia identificou e prendeu o assassino das duas jovens mortas à facadas dentro da própria residência de uma delas em Capitão-Poço, crime revoltou à população Local.

O criminoso que seria conhecido da família e frequentador da casa de uma das vítimas onde teria praticado o crime após a intenção de estuprá-la, foi encontrado em uma área de mata onde tentava escapar  da fúria  da população e da caçada  policial.

Agora é hora da Polícia  dar respostas à sociedade local, do crime que vitimou outras três pessoas no dia de hoje, encontradas dentro de um ônibus abandonado, e de outros crimes insolúveis,  alguns suspeitos de conotação política. A conferir.


Por Naldo Lobo

terça-feira, 19 de janeiro de 2021

Jovem de 17 anos é encontrada morta em Vargem Grande


Hospital Municipal Benito Mussoline.

Por Blog do Alpanir Mesquita.

Por volta do meio dia desta terça-feira (19) o corpo da jovem Jaciara Farias Ramos, de 17 anos, deu entrada no hospital municipal Benito Mussoline, em Vargem Grande. A jovem foi assassinada com um disparo de arma de fogo na região do tórax e foi encontrada por familiares em sua residência no Bairro Vila do Sol.

As polícias civil e militar foram informadas e já deram início nas diligências para identificar o suspeito do feminicídio. A primeira linha de investigação apontada é de crime passional. Contato com vizinhos e o aparelho celular da vítima devem ajudar no trabalho da polícia.

Em breve mais informações.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2021

Assaltante é baleado e comparsa amarrado pela população em Itapecuru-Mirim


Assaltantes, arma usada e celular da vítima.

Por Blog do Alpanir Mesquita.

Na noite desta terça-feira (12), por volta das 19h30, dois indivíduos assaltaram uma mulher nas proximidades do cemitério dos anjos, no bairro DER, em Itapecuru-Mirim. A vítima, que estava em frente a residência de sua sogra, teve uma arma de fogo do tipo garrucha apontada em direção a sua nuca.

No entanto, na tentativa de fuga, os criminosos foram surpreendidos por populares e agredidos fisicamente. Além da agressão, o assaltante José Francisco Moreira Diniz foi alvejado por um tiro de garrucha que atingiu nádegas, braço e costas. Já o comparsa, identificado como João Batista Pinto Ferreira, foi amarrado.

Os policiais militares do 28º BPM chegaram ao local e deram voz de prisão na dupla. Eles foram encaminhados ao hospital regional Adélia Matos para serem submetidos a atendimento médico e apresentados na delegacia regional de Itapecuru-Mirim, onde foram tomadas as medidas cabíveis.

sábado, 9 de janeiro de 2021

Policial militar e mais três pessoas morrem após grave acidente na BR-222


Veículo ficou completamente destruído.

O dia não foi tranquilo na tarde deste sábado (09) na BR-222, região tocantina do Maranhão. Em duas ocorrências a Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou um total de cinco óbitos e dois feridos em dois acidentes distantes vinte e quatro quilômetros um do outro. Outros dois acidentes ocorridos em BRs também registraram feridos.

A primeira ocorrência aconteceu por volta das 14h15min, no km 672 da BR-222, no perímetro urbano da cidade de Açailândia. Um Fiat Siena, de cor prata, colidiu com uma carreta Volvo Fh. As duas ocupantes ficaram gravemente feridas e presas nas ferragens. Elas foram retiradas por uma equipe dos Bombeiros e levada por populares para a UPA de Açailândia, localizada bem em frente onde aconteceu a colisão. A condutora sofreu ferimentos na cabeça e fratura nas pernas. No início da noite informações davam conta do falecimento da mesma (saiba mais).

O depoimento de profissionais que participaram da ocorrência e de alguns populares davam conta que as duas ocupantes estariam vindo de um banho e que poderiam ter ingerido bebida alcoólica. Os levantamentos da equipe PRF apontam que a condutora pode ter dormido ao volante, e isto levou o veículo para a contramão na direção à carreta, que seguia no sentido contrário.

Outro acidente com óbito

Duas horas depois, no km 648 da BR-222, ainda no município de Açailândia, sentido Bom Jesus das Selvas, uma picape Renault/Duster Orochi, de cor verde, capotou e provocou a morte de quatro pessoas e deixou mais duas ocupantes feridas. O capotamento aconteceu por volta das 16h20, próximo à localidade Reta, na BR-222. Após capotar, o veículo parou sobre a pista, relativamente próximo a uma curva.

Os ocupantes da picape se dirigiam de Santa Luzia (do Tide) para o munícipio de Governador Edison Lobão. Próximo ao povoado Reta uma carreta teria entrado um pouco na contramão e colidido lateralmente na picape Oroch, que perdeu o controle e capotou. O condutor é um policial militar. Outras três pessoas também morreram no acidente. 

O policial militar, nascido em 16.07.1985, é natural de Vitorino Freire. Ele ingressou na PM no dia 23 de dezembro de 2015. Também morreram uma senhora de 42 anos, natural de Santa Luzia (do Tide); uma pré adolescente, de 12 anos, natural de Imperatriz; e uma outra passageira (sem idade e sem naturalidade identificada). Duas pessoas sobreviveram, uma de 11 anos e outra de 35, ambas do sexo feminino.

Acidente em São Mateus

No início da noite, no km 190 da BR-135, poucos quilômetros após a cidade de São Mateus do Maranhão, uma colisão entre um automóvel e uma motocicleta feriu gravemente um ocupante da motocicleta.

Colisão na BR-226

Por volta das 21h40, no município de Grajaú, um Agile e um Fox colidiram frontalmente. O Ágile capotou e parou sobre a via. Algumas pessoas tiveram escoriações.

Fonte: PRF.

*Grave acidente na BR 222 em frente a Praça da UPA em Açailândia deixa uma mulher morta e outra ferida em estado grave veja o Vídeo *









Um grave acidente foi registrado na BR 222, em frente a Praça da UPA, em Açailândia. 

O acidente envolveu um carro pequeno SIENA cinzas e uma carreta que presta serviços para a SUZANO. 

O SIENA estava sendo ocupado por duas mulheres, as mesmas ficaram feridas gravemente e chegaram a dá entrada na UPA mas uma delas não resistiu e veio a óbito a outra vitima continua hospitalizada em estado grave.


As vitimas tiveram que ser retiradas das ferragens pelo Corpo de Bombeiros. 

Até o momento do fechamento desta matéria os nomes das vitimas não foram divulgados. 

Novas informações a qualquer momento

Pacovan é condenado a 10 anos de prisão



A 1ª Vara Criminal da Comarca da Ilha condenou o empresário Josival Cavalcante da Silva, conhecido como “Pacovan” e mais 21 réus denunciados pelo Ministério Público estadual por crimes contra a ordem tributária, lavagem de dinheiro e formação de organização criminosa, que seriam praticados por meio de postos de gasolina em São Luís e no interior do Estado, da rede “Nosso Posto”. 

A sentença do juiz Ronaldo Maciel, titular da vara exclusiva de processamento e julgamento dos crimes de organização criminosa, com mais de 500 páginas, foi emitida na véspera do recesso judiciário, em 18 de dezembro, e acolheu, parcialmente, os pedidos do Ministério Público estadual de condenação dos 22 réus e reparação dos danos causados por suas condutas ilícitas e perda de bens e valores envolvidos nos crimes.

No julgamento do caso, o juiz constatou a existência dos elementos que configuram o crime de organização criminosa regulamentado na Lei nº 12.850/2013 (Define organização criminosa e dispõe sobre a investigação criminal, os meios de obtenção da prova, infrações penais correlatas e o procedimento criminal a ser aplicado), identificando os requisitos de “estrutura ordenada, divisão de tarefas, estabilidade e permanência” das práticas delituosas atribuídas ao grupo.

Josival Cavalcante da Silva, o Pacovan, identificado como líder do grupo, foi condenado a dez anos, oito meses e 15 dias de reclusão. Edna Maria Pereira (ex-companheira de Pacovan) e José Etelmar Carvalho Campelo (contador) foram condenados a oito anos e três meses de reclusão. Geraldo Valdônio Lima da Silva (o “Mamãe”), Francisco Xavier Serra Silva, Jean Paulo Carvalho Oliveira e Thamerson Damasceno Fontinele receberam oito anos de reclusão e sete meses de detenção.

Simone Silva Lima (Empresa “Serra Caminhões) e Renato Lisboa Campos (ex-prefeito de Bacabal) foram condenados a oito anos de reclusão, e um ano de detenção. Também foram penalizados com oito anos de reclusão os demais réus Rafaely de Jesus Souza Carvalho, Júnior de Andrade Silva, João Batista Pereira (o “JB”), Lourenço Bastos da Silva Neto (contador), Sâmia Lima Awad, Kellia Fernanda de Sousa Duailib, Manassés Martins de Sousa (o “Bob”). Receberam a mesma pena Ilzenir, Creudilene e Creudiane Souza Carvalho, Auriléia de Jesus Froz Moraes, Manuel Santos da Silva e Adriano Almeida Sotero – considerados “laranjas” no esquema. 

A INVESTIGAÇÃO

As investigações tiveram início em 2015 e demonstram a existência de movimentações atípicas praticadas pela organização criminosa desde o ano de 2012. Interceptações telefônicas realizadas até 2017 apontaram a existência das condutas praticadas pelos membros do grupo.

Foram esclarecidos na ação penal o funcionamento de esquema de agiotagem  e o modus operandi da organização criminosa, com recrutamento de pessoas para a constituição de empresas individuais ou em sociedade; branqueamento de capitais de origem ilícita por meio de uma atividade lícita (empresas de revenda de combustível,  material de construção e veículos) que movimentam vultosas quantias de origem ilegal;  revenda de mercadorias não declaradas ao fisco (sonegação fiscal) e atividades paralelas criminosas, como a prática de usura, com envolvimento de políticos ou candidatos a cargo eletivos.

O esquema contava com a atuação de profissionais de contabilidade voltada à constituição de empresas em nome de laranjas, que detinham o controle e o conhecimento das irregularidades financeiras ocorridas nas empresas. 

A DENÚNCIA

Segundo o Ministério Público, a empresa Nosso Posto Joyce II, constituída em 2014, com capital de 100 mil reais, administrada por PACOVAN e formalmente de propriedade dos denunciados Rafaely Carvalho e Júnior de Andrade Silva, registrou entre maio e dezembro de 2014 movimentação financeira típica, acima de sua capacidade financeira, com aplicações de R$ 11.558.000,00 e faturamento de R$ 8.715.952,26, demonstrando a prática de crimes contra a ordem tributária associado ao branqueamento de capitais. 

Consta ainda que a empresa participa dos grupos empresariais “Gasóleos Santa Teresinha” e “Comércio de Derivados de Petróleo Joyce”, os quais tiveram faturamento, no mesmo período, de R$ 3.672.585,18 e R$ 19.880.208,00, demonstrando inconsistência entre o fluxo regular de valores da referida atividade comercial – venda de combustível e derivados, com distorções de valores transitados e registrados nas contas bancárias da empresa.

Ainda de acordo com a denúncia, houve um fluxo intenso de valores em curto espaço de tempo, além de recebimento de recursos de diversas prefeituras do Maranhão, como Nova Olinda, Bela Vista, Pio XII, Afonso Cunha, Santa Rita, Serrano do Maranhão, Água Doce e Magalhães de Almeida. Além disso, ficou demonstrada a existência de transferência de dinheiro pela empresa a pessoas físicas ligadas a prefeituras municipais, como prefeitos, secretários e servidores em geral.

A denúncia também aponta inconsistências em relação a pessoas jurídicas identificadas nas movimentações financeiras mantidas com o “Nosso Posto Joyce II”, que comprovam o cometimento de crimes de lavagem de dinheiro, como as empresas BFX Construções e Comércio, PG Mineração e Engenharia, CS Oliveira e Comércio-ME e Lastro Engenharia e Incorporações.

As provas da materialidade e da autoria foram sustentadas em um conjunto de provas com informações do sistema INFOSEG, declarações prestadas na investigação policial, registros de ocorrências, laudo de perícia criminal, interceptações telefônicas, interrogatórios de acusados e declaração de testemunhas em juízo, relatório de análise fiscal e de levantamento de imóveis, dentre outros documentos.

A SENTENÇA

Na sentença, o juiz constata que o modus operandi empregado pelos denunciados revelou a existência de “uma forte organização criminosa, estável e permanente”, e a “estreita ligação entre seus integrantes com a finalidade de cometer diversos crimes, como lavagem de dinheiro, usura, crime tributário, e crimes contra a ordem econômica”.

Cada um dos integrantes do grupo criminoso exercia atividades específicas, de acordo com suas habilidades e aproveitamento, conforme as funções que exerciam nas respectivas empresas às quais estavam ligados, pertencentes ao grupo liderado por Pacovan, cooperando para o todo criminoso.

“…A organização criminosa, em sua atuação, tinha como principal objetivo a obtenção de vantagem de qualquer natureza, tais como dinheiro, imóveis, gados, veículos, dentre outros”, declarou o juiz na sentença.

Ronaldo Maciel esclareceu que, embora havendo “necessidade e urgência”, deixou de decretar a prisão preventiva de Pacovan para impedir a continuidade das condutas criminosas, por falta de requerimento do Ministério Público, nas alegações finais da ação. O juiz explicou que a falta do pedido não se deve à inércia do MP, mas pelo fato de a prisão do empresário, por crimes semelhantes (pela polícia federal, em 03/12/20) ter ocorrido somente depois da conclusão do processo para sentença, e, embora existindo o fato novo (a prisão dele) – o que justificaria a decretação, por ser fato público e notório, mesmo não existindo nos autos  – deixou de decretar a prisão de Pacovan devido ao impedimento de natureza processual.

O Código de Processo Penal, com as alterações realizadas pelo pacote anticrime (Lei 13.964/2019), passou a exigir, em seu artigo 311, o requerimento do Ministério Público ou representação da autoridade policial, mesmo na fase judicial, impedindo a decretação de prisão de ofício pelo magistrado.

Quanto aos demais réus, que se encontram respondendo à ação penal em liberdade, o juiz também não viu motivos para a decretação da prisão preventiva na sentença condenatória, porque essa ordem decorreria apenas da fase processual, o que configuraria prisão decorrente de sentença condenatória recorrível, já eliminada do ordenamento jurídico.

Com relação aos bens sequestrados/apreendidos, inclusive os veículos que se encontram na posse dos acusados, o juiz decretou o perdimento desses bens e, após o trânsito em julgado da sentença, que sejam entregues no depositário público do Estado, para que sejam avaliados e vendidos em hasta pública.

O juiz determinou, ainda, o envio de cópia da sentença à Agência Nacional do Petróleo – ANP, órgão regulador das atividades que integram as indústrias de petróleo e responsável pela fiscalização das empresas concessionárias de venda de petróleo.

Vídeo: Duas mulheres passam por sessão de tortura e uma delas é morta a pedradas por facção


Duas mulheres foram levadas ao “tribunal do crime” e passaram por uma sessão de tortura nesta quarta-feira (6), em Itinga, Lauro de Freitas, cidade da Região Metropolitana de Salvador (RMS). Espancadas por traficantes da região, as vítimas sofreram com chutes, pontapés, pedradas e golpes de madeira. Uma delas não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo no local. Ana Cláudia Santos Neves tinha 42 anos. A outra vítima, que não teve a identidade revelada, foi socorrida e, segundo moradores, hospitalizada em uma unidade de saúde.  

O crime aconteceu na Rua da Pedrita, em plena luz do dia, em um campo de futebol, próximo ao Residencial Dona Lindú. As cenas das agressões foram gravadas e compartilhadas em grupos de WhatsApp do bairro. Ao Bnews, um morador, que não quis se identificar por temer retaliações, afirmou que essa é uma maneira da facção criminosa demonstrar o controle do tráfico de drogas. 

“O fato é que não aguentamos mais, eles [traficantes] batem e espancam pais de família. Batem em você apenas por cismar com sua cara. Cobram taxas, é um horror. Estão controlando o residencial há pelo menos um ano”, disse. 

Nas imagens é possível ver três homens com pedaços de madeira atingindo a sobrevivente nas pernas, nádegas, braços e tórax. Ela recebe os golpes sem esboçar reação enquanto se recosta em um muro do que parece ser uma casa em construção. Em um determinado momento, a mulher se desequilibra ao ser atingida na perna direita. Durante a tortura, um quarto homem que grava a cena diz: “E aí, meu velho, vai fazer o quê mesmo? Estamos ‘dando pau’, quer ‘caçar ideia’”.  As agressões da mulher que acabou não resistindo aos ferimentos também foram gravadas.  

À reportagem, a polícia militar confirmou a morte de uma mulher na Rua da Pedrita na quarta. Em nota, a PM informou que policiais da 81ª CIPM (Itinga) foram acionados após serem informados que um corpo de uma mulher havia sido encontrado, por volta das 17h, no endereço. “ Quando chegou ao local a guarnição isolou a área e aguardou a chegada da equipe de perícia”, diz trecho da nota. 

Também em nota, a Polícia Civil informou que o corpo de Ana Cláudia foi encontrado com ferimentos na cabeça, possivelmente causados por pedradas e arma branca. “A Equipe apurou no local que a vítima trabalhava como prostituta, vendia drogas e já havia sido presa por tráfico em ocasiões diversas. Testemunhas informaram que ela teria relatado recentemente que possuía dívidas de drogas e que poderia ser morta por traficantes”, disse a comunicação do órgão. O caso está sendo investigado pela 27ª Delegacia Territorial do bairro de Itinga.  


sexta-feira, 8 de janeiro de 2021

Em entrevista ao programa Bom dia Maranhão prefeito Luciano fala do trabalho desenvolvido em Pinheiro e na baixada, e comenta sobre eleição da Famem


 

Na manhã desta quinta-feira (07) o prefeito Luciano em entrevista ao programa Bom dia Maranhão, transmitido pela TV Difusora, falou sobre o trabalho desenvolvido em Pinheiro, das dificuldades enfrentadas durante os primeiros meses da pandemia da covid-19 e sobre sua participação na eleição da Famem – Federação dos Municípios do Maranhão.

Pinheiro é uma das cidades mais importantes da baixada maranhense, durante a entrevista Luciano destacou o crescimento econômico dos últimos anos. A princesa da baixada agora é um importante polo econômico e universitário.

Na economia nos últimos 4 anos crescemos, chamando a atenção de grandes empresas que investiram no município, a exemplo o Mix Mateus, as Lojas Americanas, o Magazine Luiza que representaram geração de emprego e renda. Pinheiro hoje é um importante polo universitário, com as universidades Federal e Estadual do Maranhão, sem contar nas inúmeras faculdades particulares que se instalaram no município”, disse Luciano.

O prefeito também falou dos bons resultados conquistados apesar da pandemia da covid-19. Pinheiro foi pioneira no combate à disseminação do vírus, servindo de exemplo para os demais municípios da baixada.
No momento mais difícil nós prefeitos nos unimos, durante os primeiros meses da pandemia conseguimos com muita dificuldade ultrapassar barreiras, em Pinheiro implantamos 5 leitos de UTI e 13 de UCI, com os decretos de distanciamento social e isolamento tivemos bons resultados evitando assim um número elevado de óbitos. Tivemos o reconhecimento desse trabalho pela organização Pan-Americana”, completou Luciano.

Ao ser questionado sobre sua participação na eleição da Famem, Luciano afirmou estar comprometido com sua chapa e que vai trabalhar para chegar a vitória.

Temos acompanhado de perto o trabalho desenvolvido pelo Erlanio, o que tem feito a frente da Famem tem dado bons resultados, agora ele me fez o convite para ser o vice-presidente na sua chapa, eu tenho dito que nunca se viu uma importância tão grande na federação como agora, por isso é importante votar consciente, porque só nós sabemos as dificuldades que enfrentamos, a decisão é nossa. Quero lembrar a todos que os convênios feitos pelas prefeitura são feitos através do Governo do Estado, vou em frente trabalhar para a vitória da nossa chapa”, finalizou Luciano.

Confira a entrevista completa a seguir:

Mais visitadas