terça-feira, 9 de fevereiro de 2021

Laudo médico aponta que policial militar não cometeu suicídio em Chapadinha


Sargento Portela.

Depois da grande repercussão do falecimento do policial militar da reserva Francisco Portela Sobrinho, ocorrido em Chapadinha na noite desta segunda-feira (08), onde vários veículos de comunicação da cidade e região afirmavam ter sido suicídio, houve uma reviravolta no caso.

Na manhã desta terça-feira (09), o Blog Sala Vipp foi informado, através de familiares, que o sargento aposentado teria feito disparos de arma de fogo em seu quintal, se desequilibrou, caiu no chão batendo a cabeça e teve ferimento letal.

As informações só foram confirmadas após uma perícia da polícia civil no local e um laudo médico que apontou que o local do sangramento na cabeça não foi causado por projétil de arma de fogo e que poderia ser qualquer outro objeto ou até mesmo uma pedra.

No crânio da vitima não foi encontrado bala e nem perfuração causado pelo projétil da arma, segundo o legista que fez o laudo, que é perito da polícia civil. Desta forma, fica confirmado que o Sr. Portela não cometeu suicídio.

Do Blog Sala Vipp.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais visitadas