segunda-feira, 17 de maio de 2021

*Deputado estadual Wendell Lages dialoga com representantes do movimento LGBTQIA+*






_Grupo defende uma frente de apoio para combate à homofobia no Maranhão_  


Na segunda-feira (17), o deputado estadual, Wendell Lages (PMN), recebeu em seu gabinete representantes do Movimento contra a LGBTfobia no Maranhão. A data, coincidentemente, é um dia que representa resistência para uma parcela da população, pois lembra uma decisão tomada há 31 anos.


Em 1990, a OMS (Organização Mundial da Saúde) retirou o homossexualismo (o sufixo “ismo” refere-se a uma doença na medicina) de sua listagem de enfermidades, já em maio de 2011, o Supremo Tribunal Federal, aprovou a realização de casamento entre pessoas do mesmo sexo. Mas à luta, o trabalho, os desafios e as conquistas continuam para quem é lésbica, gay, bissexual, transexual, queer, intersexo, asexual ou se entenda em outras variações de identidade e gênero (LGBTQIA+).


Representando o Movimento, Daniel Foca, que é suplente de vereador, Jefferson Taylon, ativista de direitos humanos e coordenador do Coletivo Gaymada e Luís Fernando, do Projeto Praças, responsável pelo sopão solidário.


O intuito do encontro com o deputado estadual foi buscar apoio e a possibilidade de realizar acolhimento e sensibilidade ao LGBTQIA+ com mais ações concretas pautadas em uma frente de combate à homofobia no Maranhão. “Apresentamos a nossa opinião contrária ao PL 205/2021, que tramita na Assembleia Legislativa do Maranhão, também defendemos a criação de uma frente para combate à homofobia no estado, levando em consideração a quantidade de registros de crimes homofóbicos que temos hoje, também explicamos a importância da promoção e fomento de políticas públicas para classe artística do movimento LGBTQIA+, como a valorização dos profissionais que usam a sua arte, para sobreviver e por fim, pontuamos também, a nossa ação social que será realizada no dia 28 de maio”, comentou o coordenador do Coletivo Gaymada.


Para Wendell Lages, o encontro foi bastante produtivo e muito importante. “Ouvi muito, acredito que é importante, antes de qualquer comentário a ser feito, ouvir e entender. Durante o nosso diálogo, acolhi demandas da comunidade e estamos sempre abertos para todas as conversas que forem importantes para acolhida e assistência ao combate à violência”, frisou o deputado estadual.  




CRÉDITOS / FOTO: Deputado Wendell Lages com Daniel Foca, que é suplente de vereador, Jefferson Taylon, ativista de direitos humanos e coordenador do Coletivo Gaymada e Luís Fernando, do Projeto Praças, responsável pelo sopão solidário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais visitadas